Depositos a Prazo

Janeiro 09 2011

Período de comercialização
De 11 de Outubro de 2010 a 31 de Janeiro de 2011.
O Montepio reserva-se o direito de terminar o período de comercialização antes da data prevista.

Montantes
O montante mínimo de constituição é de 10.000 euros com múltiplos de 500 euros.

Prazo
1 Ano, renovável uma única vez, por igual período.

Reforços
Não são admitidos reforços.

Levantamentos antecipados
Podem ser efectuados levantamentos a qualquer momento, total ou parcialmente, não sendo pagos juros sobre o capital mobilizado. Os levantamentos parciais podem ser efectuados a partir de 500 euros e em múltiplos de 500 euros, e o saldo remanescente deverá ser pelo menos, igual ao mínimo de abertura.

Remuneração
Os juros são calculados no vencimento do depósito, sendo creditados na conta à ordem associada, de acordo com as seguintes taxas de juro:

Taxa de Juro base de 2,00% (TANB) nos Depósitos em que os montantes não provenientes de contas/aplicações já existentes no Montepio representem até 50% do montante total aplicado.

Taxa de Juro base de 2,50% (TANB) nos Depósitos em que os montantes não provenientes de contas/aplicações já existentes no Montepio representem mais de 50% do montante total aplicado.

A Taxa de Juro pode ainda aumentar em função do número de produtos subscritos (1):

% de novos capitais no Montepio Até 50% de novos capitais Mais de 50% de novos capitais
Taxa de Juro Base (TANB)*

2,00%

2,50%

Conta Ordenado c/ descoberto autorizado atribuído (2)

+ 0,30%

+ 0,30%

Cartão de Crédito (3)

+ 0,30%

+ 0,30%

Associado Montepio (4)

+ 0,30%

+ 0,30%

Seguro (5)

+ 0,30%

+ 0,30%

PPR da FUTURO ou Fundos de Investimento (6)

+ 0,30%

+ 0,30%

Taxa de Juro Máxima (TANB)

3,50%

4,00%


*TANB: Taxa Anual Nominal Bruta
Após a renovação, o depósito é remunerado à taxa correspondente à Euribor a 12 Meses do 2º dia útil anterior à data da renovação, independentemente do número de produtos subscritos.

(1) As condições acima referidas serão validadas no dia anterior ao do vencimento e pagamento de juros do depósito, determinando a taxa de juro a aplicar;
(2) Conta Ordenado associada ao depósito, com descoberto autorizado atribuído no montante mínimo de 100 euros;
(3) Cartão de Crédito do Montepio activo, com utilização de montante mínimo de 500 euros no último ano;
(4) Associado efectivo, com as quotas em dia e pelo menos uma modalidade activa;
(5) Subscrição de um dos seguintes Seguros: Montepio Mais, Montepio Auto, Montepio Sorriso Garantido ou Montepio Salutare;
(6) PPR da FUTURO ou aplicação em Fundos de Investimento da Montepio Gestão de Activos, em ambos os casos com um montante investido no mínimo de 1.000 euros.

Mais informação no site:http://www.montepio.pt/

publicado por adm às 11:18

pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links