Depositos a Prazo

Dezembro 04 2010

Até 31 de Dezembro de 2010, quanto mais reforçar (mínimo de 2.000 EUR), maior será a taxa de remuneração aplicável ao total das suas poupanças.

 

Escalões TANB - 90 dias TANB - 180 dias
De 2.000 EUR a 9.999,99 EUR 2,250% 2,750%
De 10.000 EUR a 99.999,99 EUR 2,500% 3,000%
De 100.000 EUR a 249.999,99 EUR 2,750% 3,250%
De 250.000 EUR a 499.999,99 EUR 3,000% 3,500%
A partir de 500.000 EUR 3,250% 3,750%

 

Possibilidade de mobilização antecipada com penalização dos juros corridos e não pagos.


Comece já a poupar para obter a melhor taxa no final do ano!

Depósito Poupa Mais
Características
  • Garantia de Capital e taxa de juro;
  • Pagamento de juros no final do prazo, mediante crédito na conta de depósitos à ordem;
  • Possibilidade de Mobilização antecipada total ou parcial, com penalização de 100% juros corridos e não pagos;
  • Mínimo de constituição de 2.000 EUR;
  • Permite reforços pelo valor mínimo de 2.000 EUR até 31 de Dezembro de 2010.

Mínimo de Constituição/Manutenção

Mínimo de constituição/manutenção: 2.000 EUR.
Prazo

90 ou 180 dias.

Na constituição do depósito a prazo, a data valor de débito na conta de depósitos à ordem, bem como, de crédito na conta a prazo é do próprio dia (D). No vencimento e/ou na liquidação antecipada (total ou parcial) do depósito a prazo a data valor de crédito na conta de depósitos à ordem é do próprio dia (D).

Renovação Não permite renovações. Na data de vencimento, o capital e os respectivos juros serão creditados na conta de depósitos à ordem associada.
Reforços

Permite reforços pontuais mínimos de 2.000 EUR., admitidos até dia 31 de Dezembro de 2010.

Taxa de remuneração

Remuneração determinada em função do saldo do depósito a prazo apurado a 31 de Dezembro de 2010, com a taxa de juro (TANB) fixada de acordo com o valor acumulado em 31 de Dezembro de 2010, pela aplicação da seguinte grelha, por escalões, consoante o prazo:

90 dias

180 dias

Escalões

TANB

TANL

TANB

TANL

De 2.000 EUR a 9.999,99 EUR

2,250%

1,76625%

2,750%

2,15875%

De 10.000 EUR a 99.999,99 EUR

2,500%

1,96250%

3,000%

2,35500%

De 100.000 EUR a 249.999,99 EUR

2,750%

2,15875%

3,250%

2,55125%

De 250.000 EUR a 499.999,99 EUR

3,000%

2,35500%

3,500%

2,74750%

A partir de 500.000 EUR

3,250%

2,55125%

3,750%

2,94375%

Cálculo de Juros Os juros são calculados diariamente sobre o capital aplicado e não desmobilizado em cada momento, tomando como base um ano de 360 dias. Período de contagem de juros: 90 ou 180 dias.
Pagamento de Juros Os juros serão pagos no final do prazo, postecipadamente, mediante crédito na conta de depósitos à ordem associada.
Movimentação Antecipada

É permitida a mobilização antecipada, parcial ou total, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% aplicada aos juros contados sobre o montante desmobilizado no respectivo prazo.

Regime Fiscal

No caso de pessoas singulares, os rendimentos de depósitos são sujeitos a retenção na fonte em sede de IRS, à taxa liberatória de 21,5%, com opção pelo englobamento. O englobamento é obrigatório no caso de rendimentos auferidos no âmbito de actividades empresariais e profissionais.

No caso de sujeitos passivos de IRC, os rendimentos de depósitos são sujeitos a retenção na fonte em sede de IRC, à taxa de 21,5%. Esta retenção tem a natureza de pagamento por conta do imposto final devido.

Informação Legal Conheça a Ficha de Informação Normalizada e as Condições Gerais do Depósito Poupa Mais.



Constituir Depósito Poupa Mais!

Os depósitos constituídos no Banco Comercial Português, SA beneficiam da garantia de reembolso prestada pelo Fundo de Garantia de Depósitos sempre que ocorra a indisponibilidade dos depósitos por razões directamente relacionadas com a sua situação financeira.
O Fundo de Garantia de Depósitos garante o reembolso até ao valor máximo de 100.000,00 Euros por cada depositante, sejam os depositantes residentes ou não em Portugal e os depósitos expressos em moeda nacional ou estrangeira.
No cálculo do valor dos depósitos de cada depositante, considera-se o valor do conjunto das contas de depósito na data em que se verificou a indisponibilidade de pagamento por parte da instituição, incluindo os juros, o saldo dos depósitos em moeda estrangeira é para o efeito convertido em Euros, ao câmbio da referida data (taxas de câmbio de referência divulgadas pelo Banco de Portugal).
O reembolso deverá ter lugar no prazo máximo de 7 dias para uma parcela até 10.000 Euros; o remanescente até ao valor de 100.000 Euros no prazo máximo de 20 dias úteis, a contar da data em que os depósitos se tenham tornado indisponíveis, podendo o Fundo, em circunstancias absolutamente excepcionais e relativamente a casos individuais, solicitar ao Banco de Portugal uma prorrogação daquele prazo, por período não superior a 10 dias úteis.
Para informações complementares, consulte os endereços clientebancario.bportugal.pt e www.fgd.pt.

Esta informação não constitui aconselhamento ou recomendação de investimento.

mais informação no site do millenniumbcp

publicado por adm às 17:50

pesquisar
 
Pesquisa personalizada
links